O aplicativo móvel do cassino Mostbet permite que você aproveite seus jogos de azar favoritos a qualquer hora e em qualquer lugar, fornecendo acesso conveniente e seguro a uma ampla variedade de jogos e bônus diretamente do seu smartphone.

FORTALEZA SEMPRE

NOTÍCIAS E JOGOS AO VIVO DO MAIOR TIME DO NORDESTE, O FORTALEZA

NOTÍCIAS

Richard defende dois pênaltis e Ceará volta a levantar a taça

Fortaleza, CE, 06 (AFI) – Com o goleiro Richard sendo decisivo, o Ceará voltou a ser campeão do Campeonato Cearense ao vencer o Fortaleza por 3 a 2 nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal, em duelo na Arena Castelão. Na primeira partida da decisão, os dois times empataram sem gols.

Último título do Ceará tinha sido em 2018 e agora quebrou a hegemonia do rival, que tinha ganhado as últimas cinco edições.

Richard defendeu dois pênaltis, de Yago Pikachu e Machuca e viu Tinga isolar a bola. Recalde, Rai Ramos e Lourenço fizeram nas penalidades para o Ceará, enquanto Matheus Felipe e Guilherme Castilho perderam. José Welison  e Moisés marcaram para o Fortaleza.

No tempo normal, Saulo Mineiro fez o gol do Ceará e Lucero marcou pelo Fortaleza.

No final, teve confusão entre os jogadores. Saulo Mineiro e Kuscevic, que precisaram ser contidos em campo após se desentenderem.

COMO FOI?

O primeiro tempo foi cheio de tensão e sem supremacia de nenhuma equipe.

Tanto o Ceará, quanto o Fortaleza tiveram uma chance cada no primeiro tempo. A melhor delas foi do Ceará, com Saulo Mineiro, que acertou a trave do Fortaleza.

O Fortaleza teve a oportunidade com Lucas Sasha, que saiu na cara do gol, mas mandou em cima do goleiro Richard, que salvou o Ceará.

CEARENSE: Richard defende dois pênaltis e Ceará volta a levantar a taça 25

SAÍRAM OS GOLS

O segundo tempo começou movimentado e logo aos dois minutos, o Ceará abriu o marcador com um belo gol. Saulo Mineiro recebeu na área de Matheus Bahia e bate cruzado sem chance para João Ricardo.

O Fortaleza não se intimidou e buscou o empate aos 11. Após cobrança de escanteio, Bruno Pacheco desviou na primeira trave e Lucero, na segunda trave, completou para empatar

Aos 17 minutos, Bruno Pacheco fez uma falta matando o contra-ataque do Ceará e foi expulso, porque já tinha amarelo.

CEARENSE: Richard defende dois pênaltis e Ceará volta a levantar a taça 26

Com um jogador a mais, o Ceará foi para cima do Fortaleza, que não ficou apenas se defendendo e buscava o contra-ataque.

O Ceará não conseguiu se impor com a superioridade numérica e a partida foi para os pênaltis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *