Seleção FI da 15ª rodada do Brasileirão com maior artilheiro do país e comandada por Felipão


Seleção FI da 15ª rodada do Brasileirão com maior artilheiro do país e comandada por Felipão

Os melhores da 15ª rodada do Brasileirão são comandados pelo experiente Luiz Felipe Scolari

Portal Futebol Interior traz os melhores da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, que são comandados pelo experiente Felipão

Categorias: Seleção da Rodada

Por: Agência Futebol Interior, 04/07/2022

Cano Fluminense 2022 1 Cano é o artilheiro do Brasil e ajudou o Fluminense no final de semana.

Campinas, SP, 04 (AFI) -A 15ª rodada do Campeonato Brasileiro teve seu encerramento nesta segunda-feira, quando o Botafogo venceu o RB Bragantino, no interior paulista. Por isso, agora o PORTAL FI divulga a SELEÇÃO DA RODADA, que nesta semana é formada meio-campo e ataque de muita qualidade. O comandante é o pentacampeão Luiz Felipe Scolari, que ajudou o Athletico-PR a vencer o líder Palmeiras, em São Paulo.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 15ª RODADA DO BRASILEIRÃO

Goleiro: Bento (Athletico-PR)Apesar da vitória sobre o Palmeiras, por 2 a 0, o Athletico-PR teve muita dificuldade para sair de campo com os três pontos. O goleiro Bento que o diga, tendo que intervir em diversos momentos. Deixou o campo com sete defesas e enaltecendo o resultado sobre o líder do Brasileirão.

Lateral-direito: Saravia (Botafogo)

Foi valente durante os 90 minutos e não deixou espaço para os jogadores do Red Bull Bragantino. Com Saravia não teve bola perdida, o que ajudou o Botafogo a sair de campo com mais três pontos.

Zagueiro: Henrique (Coritiba)O experiente zagueiro liderou o Coritiba na importante vitória sobre o Fortaleza, por 2 a 1. A pressão tricolor foi grande depois que Nathan foi expulso na metade do segundo tempo, mas Henrique ajudou a manter os companheiros com a cabeça no lugar e contribuiu muito na bola aérea.

Zagueiro: Joaquim (Cuiabá)Foi escalado como titular por causa da suspensão de Alan Empereur e deu conta do recado. O Avaí teve mais a posse da bola, mas encontrou dificuldades para criar graças a uma grande atuação do sistema defensivo do Cuiabá. Não bastasse isso, mostrou oportunismo para marcar o gol da virada do Dourado em plena Ressacada.

Lateral-esquerdo: Moraes (Juventude)Entrou no intervalo da vaga do contestado William Matheus e deu outra cara ao Juventude. Com grande participação ofensiva, Moraes marcou o gol de honra do time na derrota para o Atlético-MG, por 2 a 1, em pleno Alfredo Jaconi. Antes, já havia feito Everson trabalhar. Tem tudo para receber uma oportunidade entre os titulares.

Volante: Vinícius Zanocelo (Santos)Apesar do Santos ter perdido para o Flamengo, por 2 a 1, em plena Vila Belmiro, o jovem volante Vinícius Zanocelo foi o destaque alvinegro no duelo. Além de ter marcado um gol de falta, na qual arriscou um chute forte de muito longe, o meio-campista participou ativamente, ajudando demais na defesa e também no ataque.

Meia: Arias (Fluminense)O Fluminense atropelou o Corinthians e venceu por 4 a 0, no Maracanã. O time todo foi muito bem, entre eles o meia Jhon Arias, com duas assistências para os gols de Manoel e Germán Cano. O jogador já mostrou que tem qualidade e é decisivo com a bola nos pés.

Meia: Luciano (São Paulo)Atuou um pouco mais recuado e foi muito bem. Fez a jogada do pênalti sofrido por Patrick e converteu a cobrança com perfeição. Já no segundo tempo, quando a partida estava empatada, deixou novamente sua marca e garantiu a vitória do São Paulo sobre o Atlético-GO, por 2 a 1, em Goiânia. E olha que esteve perto de marcar outros gols.

Atacante: Germán Cano (Fluminense)Germán Cano dispensa apresentações. O argentino fez dois dos quatro gols do Fluminense na goleada sobre o Corinthians, por 4 a 0, no Maracanã. São 25 gols na temporada, marca extremamente relevante e que anima os torcedores do Fluzão ainda no meio da temporada.

Atacante: Gabigol (Flamengo)A famosa ‘lei do ex’ apareceu no confronto entre Santos e Flamengo. Depois de começar a partida no banco de reservas, Gabigol entrou no segundo tempo e com muita personalidade marcou o gol da vitória do Rubro-Negro. Sempre polêmico, ele fez questão de cutucar a torcida do Peixe.

Atacante: Henrique Almeida (América-MG)Entrou no lugar de Wellington Paulista e mudou os rumos da partida. Além de ter sido decisivo, incomodou bastante a defesa do Goiás.

Técnico: Luiz Felipe Scolari (Athletico-PR)No reencontro com o Palmeiras, o pentacampeão Luiz Felipe Scolari confirmou a boa fase sob o comando do Athletico-PR. O Furacão venceu os paulistas, por 2 a 0, em pleno Allianz Parque. Uma vitória que encerrou invencibilidade de 13 jogos do Verdão em casa e que colocou os paranaenses na vice-liderança do campeonato.