Polícia prende mulher acusada de lavar parte do dinheiro roubado do Banco Central em Fortaleza | Jovem Pan

Divulgação/PF Polícia Federal Prisão foi realizada após Justiça determinar que caso não havia prescrito

A Polícia Federal (PF), em conjunto com outras instituições de repressão ao crime organizado no Ceará, prendeu nesta quarta, 16, uma mulher de 41 anos acusada de participar do assalto à unidade do Banco Central de Fortaleza ocorrido em 2005. Segundo a PF, ela é suspeita de ter ajudado a ocultar as quantias roubadas, que tinham o total de R$ 164,7 milhões. O mandado de prisão foi cumprido em Boa Viagem, cidade a 220 quilômetros da capital cearense e a mulher será encaminhada ao sistema prisional do Estado. O roubo ao Banco Central é uma das maiores ações do tipo realizadas no Brasil – os criminosos levaram cerca de três toneladas e meia de papel através de um túnel entre os dias 5 e 6 de agosto em 2005, carregando o dinheiro do cofre do BC até uma casa onde funcionava uma empresa de fachada.