Seleção FI da 7ª rodada do Brasileirão com 'Boi Bandido" e mais dez


Seleção FI da 7ª rodada do Brasileirão com ‘Boi Bandido” e mais dez

O Placar Ao Vivo do Futebol Interior acompanha todos os jogos da competição

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 22/05/2022

Vítor Pereira tem dúvidas para escalar o Corinthians Vítor Pereira tem dúvidas para escalar o Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Campinas, SP, 22 (AFI) – A sétima rodada do Campeonato Brasileiro acabou com o Corinthians na liderança, seguido por Palmeiras, São Paulo e Atlético-MG. Apesar da vitória, Flamengo ainda segue longe.

A Seleção Futebol Interior da sexta rodada tem muitos nomes importantes do futebol nacional, principalmente o trio de ataque, formada por Léo Baptistão, Luiz Henrique e Aloísio.

O treinador escolhido foi Vitor Pereira. O comandante do Corinthians fez clássico equilibrado, mas superou os rivais com boas alterações.

Confira a Seleção FI da sétima rodada:

Selecao Brasileirao 8 rodada 2022Seleção FI da 7ª rodada do Brasileirão com ‘Boi Bandido” e mais dez 3

Goleiro: Cássio (Corinthians)

Se o Corinthians conseguiu reagir e empatar com o São Paulo por 1 a 1, foi por causa de Cássio. O camisa 1 fez grandes defesas no primeiro tempo, evitando gols de Calleri e Alisson. Seguro, foi bem até os minutos finais, quando evitou gol de Igor Gomes, que cabeceou no chão. No lance, se machucou e foi substituído. Saiu como mereceu: ovacionado pela torcida.

Lateral-direito: Hayner (Atlético-GO)

Estava em um dia inspirado. Não à toa que praticamente todas as jogadas ofensivas do Atlético-GO contra o Coritiba foram pelo seu lado. De tanto insistir, Hayner deu assistência perfeita para Jorginho abrir o placar no final do primeiro tempo.

Zagueiro: Messias (Ceará)

O sistema defensivo do Ceará foi muito exigido, principalmente quando Richard foi expulso. Messias conseguiu liderar o setor para segurar a pressão do Santos e garantir ponto importante fora de casa.

Zagueiro: Kuscevic (Palmeiras)

Outro que jogou muita bola na vitória frente ao Juventude por 3 a 0. O defensor entrou no lugar de Gustavo Gómez, mas não deixou o torcedor sentir saudade do seu capitão. Ganhou todas pelo alto e ainda deu uma assistência para o gol marcado por Rony. É uma boa opção para Abel Ferreira.

Lateral: Ayrton Lucas (Flamengo)

Na vitória contra o Goiás o lateral fez a melhor atuação com a camisa do Flamengo. Ayrton Lucas foi seguro defensivamente, além de quase não ter errado passes. Ele ainda pode melhorar e apoiar mais ofensivamente, mas este jogo foi um sinal que pode render no Flamengo.

Meia: Valdívia (Cuiabá)

A “lei do ex” é mesmo implacável. Foi seu o gol do Cuiabá no empate com o Internacional, apesar de ter contado com contribuição do goleiro Daniel, que aceitou a cobrança de falta rasteira. Antes, porém, Valdívia já havia criado boas oportunidades, sendo o jogador mais perigoso do Dourado na partida.

Meia: Gustavo Scarpa (Palmeiras)

Na ausência de Raphael Veiga, Gustavo Scarpa chamou a responsabilidade e fez mais um grande jogo com a camisa do Palmeiras, que tenta segurar o atleta por mais algumas temporadas. Comandou o meio de campo, fez grandes jogadas e acabou deixando o campo como o principal destaque.

Meia: Terans (Athletico)

Terans foi o principal destaque do Athletico na vitória por 2 a 1 para cima do Avaí. O meia jogou muita bola e foi o responsável por marcar os dois gols do Furacão. Vivei um dia de artilheiro neste domingo.

Atacante: Léo Baptistão (Santos)

Foi o principal jogador ofensivo do Peixe no empate sem gols com o Ceará. Não marcou gols, mas se movimentou muito e finalizou sempre que teve chance. Chegou a balançar a rede, mas o gol foi anulado por conta de falta muito antes do lance, o que gerou polêmica. Também deixou Angulo na cara do gol, que perdeu gol incrível.

Atacante: Aloísio (América-MG)

O ‘Boi Bandido’ fez uma excelente apresentação e foi premiado com o gol no empate por 1 a 1 com o Botafogo. Se movimentou o jogo inteiro e mostrou que será peça importante para a sequência da temporada.

Atacante: Luiz Henrique (Fluminense)

Foi o ponto positivo, além do goleiro Fábio, na vitória do Fluminense por 1 a 0 para cima do Fortaleza. O jogador correu, lutou e não desistiu. Foi premiado com o gol.

Técnico: Vitor Pereira (Corinthians)

O Majestoso teve um time superior em cada tempo. Mas Vitor Pereira claramente venceu Rogério Ceni nas escolhas que fez durante o jogo. Mexeu bem e o time reagiu no segundo tempo e conquistou o merecido empate.

Confira também: